Rede Conectada: ISPs se preparam para programa que conectará unidades de saúde em todo o Brasil
9 de Abril de 2020
Entidades unidas em manifesto sobre iniciativas de ISPs ante pandemia da Covid-19
20 de Abril de 2020

Movimentação da InternetSul e demais entidades pela valorização do provedor é notícia no portal Convergência Digital. Acompanhe a íntegra da notícia:

Diante das sucessivas decisões judicias, projetos de lei e apelos aos órgãos reguladores pela garantia de serviços mesmo para clientes inadimplentes, 10 entidades que representam pequenos provedores de internet assinaram um manifesto conjunto no qual destacam medidas que vêm sendo tomadas e ao mesmo tempo conclamar os clientes para que mantenham os pagamentos.

“No Brasil, existem cerca de 20 mil pequenas empresas prestadoras de serviços de telecomunicações e de provimento de conectividade Internet, que só podem continuar operando graças à cooperação de seus clientes que estão mantendo o pagamento regular dos serviços”, diz nota assinada pela Abranet, Abrint, Abramulti, Apims, Apriam, Apronet, Internetsul, Rede Telesul, Seinesba e Seinesp.

“Mesmo na difícil condição de pequena empresa, todo o esforço está sendo feito no sentido de reter o corpo de funcionários. Por isso, a colaboração dos clientes é tão importante. Com todos os desafios e incertezas, essas pequenas empresas buscam arduamente alternativas para manter seus clientes atendidos”, diz ainda a nota, que lembra da mudança nos hábitos de consumo de internet e o impacto para a manutenção dos negócios.

“Como já divulgado pelos meios de comunicação, os hábitos foram alterados e o uso da Internet muito ampliado, o que demanda ainda mais esforço das pequenas empresas que precisam contratar links de alta capacidade para manter a interligação necessária ao funcionamento da Internet.”

As entidades destacam, ainda, que os provedores responderam ao chamado do governo federal pela conectividade de postos de saúde no país. “Um número significativo dessas pequenas empresas – mais do que suficiente para suprir a demanda identificada – já se voluntariou para fornecer conectividade ao sistema de saúde de cerca de 16 mil Unidades Básicas de Saúde, que não têm essa ferramenta. Excepcionalmente, durante o período da crise, as UBS terão acesso gratuito à Internet, graças a essas pequenas empresas”.

“A associações seguirão atuando para auxiliar a seus associados, fazendo a sua parte no esforço conjunto em nosso país. Lembrando que a colaboração de todos os clientes, empresas privadas e governo é essencial para a superação do momento atual”, conclui a nota.

Publicação original em: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=53403&sid=4

X